Prefeitura Municipal de Guarujá

29/04/2016 19-04-2016 Controle da Dengue-Nathalia Nascimento (8) (Medium)

Desde 2009, a Prefeitura realiza melhorias significativas quanto à prevenção ao inseto transmissor de dengue, febre chikungunya e zika

Há 18 anos atuando no Controle de Endemias da Prefeitura de Guarujá, o agente epidemiológico Flávio Mazagão levanta às 7 horas para enfrentar mais um dia de combate ao mosquito Aedes aegypti. São quase duas décadas dedicadas à erradicação do inseto transmissor de dengue, febre chikungunya e zika vírus. Atender de maneira eficaz as demandas encaminhadas ao setor é uma preocupação constante para Flávio.

O agente participa ativamente das ações casa a casa, telando caixas d’água, orientando os moradores e atendendo denúncias de criadouros. “90% de infestação do mosquito é domiciliar. O trabalho de conscientização dos munícipes deve ser frequente, para que entendam sua responsabilidade na causa”, ressalta Mazagão. Assim como Flávio, desde 1998, o agente epidemiológico Marcos Antônio Ramos atua no setor.

A parte administrativa do setor, coordenado por Ana Lúcia Gama Cruz, fica responsável pelo repasse de informação aos agentes. As áreas avaliadas com maior índice de criadouros são mapeadas e vistoriadas. “No mês de outubro é feito o levantamento de Lira (Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti). Ele mede o número de infestação do inseto. O Lira é preconizado pelo Ministério da Saúde em todos os municípios”, disse Ramos.

Nos últimos oito anos, o Controle de Endemias contratou, por meio de concurso público, 68 agentes, totalizando 90 pessoas na equipe. “O aumento de agentes foi determinante para o desenvolvimento do nosso trabalho. Deste modo, conseguimos atender as denúncias com maior rigor e realizar mais vistorias nas residências”, completa Ana Lúcia.

De acordo com Ana, desde 2009 o departamento vem sendo contemplado com melhorias significativas. Aparelhos eletrônicos, como câmera fotográfica e notebook, linha telefônica (Disque-Dengue: 3341 6569), material de escritório e informativo, auxiliam no trabalho de comunicação interna. “Com mais uma linha de telefone pudemos deixar um telefone exclusivo para receber denúncias, o que colaborou efetivamente com os serviços”, disse.

Além disso, a coordenadora acrescenta a aquisição de três carros para a equipe de nebulização, duas máquinas de nebulização veicular, equipamentos de IPI, protetor solar e repelente para os agentes. Mazagão explica que as máquinas são usadas em áreas de transmissão elevada, pois possibilitam o alcance de 100 quarteirões por hora.

Quinzenalmente, os agentes visitam pontos estratégicos e imóveis especiais. “Cemitérios, borracharias e terminais são o que chamamos de pontos estratégicos. Os imóveis especiais são os hospitais, unidades de saúde e escolas. É necessário uma vistoria constante porque existe uma grande circulação de pessoas nesses locais”, explica Mazagão.

Ao longo do ano, diversos trabalhos de prevenção são realizados pela Cidade. O Informação, Educação e Comunicação (IEC) prepara palestras informativas e peças teatrais que percorrem escolas, ONGs e empresas. Segundo o agente, o objetivo é formar multiplicadores de informações lúdicas em relação a transmissão do Aedes aegypti. Ele reforça, ainda, que a população deve fazer sua parte, evitando acumular água em recipientes, aplicarem sal grosso nos ralos e seguirem as orientações passadas.

29/04/2016 29-04-2016 Carro Novo do Meio Ambiente-Diego Marchi (6) (Medium)

Nesta sala, toda informação da Policia Militar Ambiental e fiscalização estadual será integrada ao trabalho da fiscalização municipal

Na quarta-feira (27), a Prefeitura de Guarujá recebeu, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, uma caminhonete e equipamentos para a montagem da primeira sala ambiental de operações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam). O novo investimento faz parte da vertente ambiental do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Litoral Paulista. O convênio foi assinado ano passado pela prefeita Maria Antonieta de Brito com o Governo Estadual.

O projeto possui também uma vertente habitacional. Nesta, está prevista a construção de moradias para a remoção de famílias que se encontram em áreas de risco ou sensíveis do ponto de vista ambiental.

Na vertente ambiental, o programa prevê que haja 21 áreas a serem monitoradas pela Semam na sala de operações. Serão instalados equipamentos para que possa haver integração das informações de monitoramento e fiscalização disponíveis da Polícia Militar Ambiental, fiscalização da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e da fiscalização municipal.

O objetivo dessas salas é integrar as ações de todos esses órgãos públicos para fazer o monitoramento, controle e contenção de invasões nas áreas de alto interesse ambiental. Além da viatura, a Semam recebeu um computador de alta capacidade, televisão, trena eletrônica, binóculos, câmera fotográfica, impressora e outros equipamentos que devem garantir a fiscalização.

Desde 2010 a prefeita Antonieta já fazia gestões junto ao Governo do Estado alertando que o Projeto de recuperação socioambiental da Serra do Mar precisava ser expandido para os municípios litorâneos. Guarujá está adiantada diante de outras cidades do litoral, pois a chefe do Executivo foi a primeira a assinar o termo de adesão ao Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Litoral Paulista, em 2014, durante solenidade em São Paulo.

A etapa de identificação está pronta. A sala será montada e os servidores que atuarão no setor serão capacitados pelo Governo Estadual.

Para o secretário de Meio Ambiente, Adilson Cabral, a execução deste Projeto significa um avanço para o Município. “O grande ganho da sala ambiental de operações é a capacidade de integrar a fiscalização. Com isso, é possível ampliar as ações de monitoramento nas áreas mais frágeis e agir”, explica.

29/04/2016

Para um melhor desenvolvimento, os assistidos recebem atendimento de profissionais capacitados

Com um olhar diferenciado e acolhedor aos alunos com deficiência intelectual múltipla, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) comemorou, na terça-feira (26), seu 20º aniversário. A Apae faz atendimento para ambulatório e Ensino Fundamental. Hoje são 186 assistidos que recebem a atenção de profissionais capacitados.

A instituição recebe qualquer criança a partir de quatro anos, além de jovens e adultos com deficiência intelectual. Todos passam por uma triagem, na qual são avaliados e encaminhados para uma sala em que ficarão mais enturmados. A Apae atende pela manhã, os adolescentes de 15 a 35 anos no ambulatório, e à tarde, os pequenos de 6 a 15 anos, no Ensino Fundamental.

Os alunos do período da manhã também se dedicam a três salas de oficinas ocupacionais, onde eles aprendem a cozinhar, fazer sabão e atividades externas. Com os produtos realizados nas aulas, as educadoras incentivam a venda do material para que os atendidos saibam como administrar a sua própria renda. Já nos passeios ao ar livre, os adolescentes realizam atividades do cotidiano, como pegar um ônibus e fazer hidroginástica, por exemplo.

Para um melhor desenvolvimento dos alunos, eles têm professores capacitados, e possuem tratamento com fonoaudióloga, assistente social, terapeutas ocupacionais e fisioterapia. A psicopedagoga, além de orientar as crianças, ajuda também os pais que muitas vezes necessitam de informação.

A psicóloga Andressa Panchona comenta que ela trabalha com a família, e que esse ato colabora no desenvolvimento da criança, pois os pais começam a trabalhar estímulos de independência em casa. “Eles precisam dessa orientação e apoio, até mesmo para poder driblar as dificuldades do dia-a-dia. O preconceito é o fato principal, mas quando bem trabalhado vira apenas mais um desafio superado”, argumenta.

Para a coordenadora técnica da instituição, Camila Duarte de Melo, os pequenos, os adolescentes e alguns adultos que sofrem com a deficiência intelectual múltipla devem ter todo esse tratamento especial. E fala “trabalhando diariamente o psicológico e os movimentos motores. Eles começam a ficar mais independentes, o que é totalmente satisfatório para nós”.

A secretária municipal de Educação, Priscilla Bonini, diz que a equipe da Apae é totalmente capacitada e que já superou grandes desafios. “Três palavras principais que eles seguem com rigor: técnica, amor e profissionalismo. Com isso, eles conseguem superar enormes barreiras”, complementa.

O olhar das mães – Thaís Pinheiro, que é mãe da pequena Adriely de 10 anos, conta que a filha já está na instituição há três e não tem o que reclamar. Ela ressalta que as profissionais fazem um ótimo trabalho e que tratam todos com carinho. E diz “vejo a evolução da Adriely a cada dia. Quando surge qualquer dúvida, as professoras orientam o que me deixa muito mais segura”.

Carla Cristine Augusto é mãe do Matheus de 9 anos. Ela explica que o filho, mesmo com algumas deficiências, entende tudo, apenas não fala. Mesmo assim se esforça para mostrar o que está pedindo. Apesar de ter interrompido o tratamento para realizar cirurgias na coluna e no pé, conta que o menino já evoluiu muito, principalmente na fala. “As primeiras palavras dele ditas perfeitamente foram papai e mamãe. Com isso, só posso ser grata ao trabalho da Apae”.

29/04/2016

A partir deste sábado (30), os ultramaratonistas Johnny Bacana e Ronaldo Marletta irão percorrer 100 quilômetros, em Guarujá. A concentração dos atletas será a partir das 14 horas, na Praça das Bandeiras – Praia das Pitangueiras. Quem quiser participar, pode colaborar doando dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados ao Fundo Social de Solidariedade do Município (FSS). A largada está prevista para 17 horas.

Os corredores terão o apoio da Prefeitura de Guarujá, por meio da Diretoria de Trânsito e Transportes e do Fundo Social, no decorrer do percurso. A Polícia Militar também apoia a ação. O trajeto sairá da Praça das Bandeiras, pela Avenida Marechal Deodoro da Fonseca até a Praia da Enseada, percorrendo a Avenida Miguel Stéfano até o Canto do Tortuga, seguindo para o bairro Pernambuco. Depois, eles irão correr em outros bairros, como Morrinhos, Avenida Adhemar de Barros e Avenida dos Caiçaras, Tombo, finalizando na Praça das Bandeiras.

29/04/2016

Nesta terça-feira (3), às 19 horas, a Câmara Municipal de Guarujá realiza sessão solene para entrega da “Medalha Legislativa do Mérito do Trabalho”. A ação é concedida a personalidades civis pelos relevantes serviços prestados ao Município. A honraria será realizada na Sala Alberto Santos Dumont (Avenida Leomil, 291 – Centro). O evento é em comemoração ao Dia Mundial do Trabalhador.

Confira a lista dos 17 homenageados:

Vereador Antônio Fidalgo Salgado Neto – Senhor Ildo Virgulino Lourenço

Vereador Edilson Dias de Andrade – Senhor Eduardo Soares de Souza

Vereador Edmar Lima dos Santos – Doutor Péricles de Oliveira

Vereador Elias José de Lima – Senhor Giovani Simioni

Vereador Geraldo Soares Galvão – Senhor Claudinei Joaquim Gonzaga

Vereador Gilberto Benzi – Senhor Beraldo Aguiar

Vereador Givaldo dos Santos Feitosa – Doutor Semer Ali Mahmoud

Vereador Jailton Reis dos Santos – Senhor Manoel Paiva da Costa

Vereador Jaime Ferreira Lima Filho – Senhora Maria Nilda Santos Pereira

Vereador Luciano de Moraes Rocha – Senhor Edson Santos da Costa

Vereador Luciano Lopes da Silva – Doutora Daniela Bezerra de Gregório

Vereador Mario Lúcio da Conceição – Doutor Marco Antônio Cardoso

Vereador Mauro Teixeira – Senhor Frederico Ozanan da Silva

Vereador Nelson Alves Filho – Senhor Celso Luciano dos Santos

Vereador Ronald Nicolaci Fincatti (Presidente) – Tenente Coronel Rogério Silva Pedro

Vereador Valdemir Batista Santana – Senhora Djanira Batista dos Santos

Vereador Walter dos Santos – Senhor Celso Costa

29/04/2016

Ponto de concentração será em frente ao Caec Carlos César Fernandes, na Vila Rã 

A Prefeitura de Guarujá vem fazendo a sua parte no combate ao mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Neste sábado (30), chegou a vez do bairro Parque Enseada, que compreende a Vila Rã e Areião, receber o mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti.

O ponto de concentração dos agentes de controle de endemias e os comunitários de saúde será em frente ao Centro de Atividades Educacionais e Comunitárias (Caec) Carlos César Fernandes Garcia, na Rua Iracema s/n – Vila Rã.

De acordo com a coordenadora do controle e combate à Dengue da Prefeitura, Ana Lúcia Gama Cruz, este seria o último mutirão realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. “No entanto, a Prefeitura aderiu à prorrogação da iniciativa, para a realização de mais quatro mutirões aos fins de semana, até 28 de maio”, informou.

Ao longo do ano, a Secretaria tem realizado diversas ações no intuito de conscientizar a população quanto aos cuidados de prevenção. Os mutirões com o Estado já foram realizados no Pae Cará, Santo Antônio, Guaiúba, Tombo e Astúrias, Jardim dos Pássaros, Santa Rosa e Santa Cruz dos Navegantes. Porém, desde novembro do ano passado, a Prefeitura tem intensificado os trabalhos no sentido do monitoramento de criadouros do mosquito.

29/04/2016

Empresa deve apresentar resposta até 6 maio; caso resposta não seja satisfatória, a estatal poderá ser multada novamente, como ocorreu em dezembro do ano passado

19-12-2015 Operacao Fila a Balsa-Diego Marchi (215)Mais uma vez, os transtornos na travessia de balsas entre Guarujá e Santos voltaram a prejudicar a vida dos motoristas no Município, com mais de duas horas de fila. Por esse motivo, o Procon Guarujá notificou a Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) – empresa que administra a travessia de balsas. Adotado na tarde da última terça-feira, 26, a iniciativa da Prefeitura de Guarujá, por meio da Advocacia Geral do Município, tem o intuito de cobrar melhorias.

O problema ocorreu em pleno feriado prolongado de Tiradentes. Logo no primeiro dia, quinta-feira, 21, quem precisou fazer a travessia precisou de muita paciência para permanecer a fila, já que o serviço oferecia apenas duas embarcações. Outra grande demora também foi registrada na última segunda-feira, 25, principalmente no horário da manhã, quando muitos usuários saíam para trabalhar.

Após a notificação, a estatal tem de 10 dias de prazo, que termina em 6 de maio, para apresentar sua defesa com as justificativas a respeito do ocorrido, além do plano de ação para que o problema seja resolvido, de forma a garantir uma travessia tranquila e eficiente aos usuários. Caso a resposta não esteja a contento, o Procon poderá multar a empresa novamente.

Para o advogado geral do Município, a situação já passou dos limites. “Infelizmente, quem utiliza a travessia já convive com esse problema. E quando há um feriado prolongado é necessário que a empresa esteja preparada para atender aos usuários, pois se trata de uma questão lógica: o aumento considerável do número de turistas que chegam à Cidade”, destacou ele, reiterando, que o consumidor precisa ter um serviço eficaz.

Vale lembrar que, em dezembro do ano passado, em plena temporada de verão, os fiscais do Procon multaram a Dersa no valor de R$ 608.240, pelo fato da empresa não estar fornecendo aos usuários serviços adequados e eficientes.  A demora na fila da balsa infringe o artigo 22, da Lei 8.078 do Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC). Por tal conduta, a Dersa foi autuada de acordo com os artigos 56 e 57 da mesma Lei. A pena poderá ser atenuada ou agravada, conforme o artigo 34 da Portaria Normativa do Procon nº 45 de 12/05/2015, e, em caso de reincidência, poderá ser dobrada.

29/04/2016

Mesmo com solenidade ainda para acontecer, a Unidade já presta o atendimento à população há um mês

18-04-2016 - UBS Santa Rosa - Roberto Sander Jr (1)Moradores do bairro Santa Rosa já estão sendo atendidos pela nova Unidade de Saúde da Família (Usafa) Santa Rosa. Localizado na Avenida Manoel da Cruz Michael, 387, o novo equipamento já realiza atendimentos desde março. No entanto, a sua inauguração oficial será realizada nesta segunda-feira (2). A iniciativa integra as comemorações pelo Dia do Trabalhador – 1º de Maio.

Esta é a 15ª Usafa disponibilizada ao público desde 2009, para que os munícipes tenham um melhor atendimento familiar nos bairros. Desde essa época, a Prefeitura inaugurou cinco novas Usafas e reformou e ampliou outras dez unidades. Nesta nova Usafa estará disponível para a população equipes com médicos generalistas, ginecologistas, dentistas, pediatra, clínicos, agentes de saúde, enfermeiras e técnicos em enfermagem.

O programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, atua na Usafa Santa Rosa, que também recebe apoio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf). Com 16 salas e consultórios, a unidade apresenta os serviços de acolhimento, acompanhamento de gestação (pré-natal e puericultura), curativo, dispensação de medicamentos básicos, preservativos e contraceptivos.

O equipamento possui ainda outros atendimentos, como inalação, vacinas, coleta de preventivo, eletro e dentista. A unidade contém ainda mais 13 salas, entre elas setores administrativos, cozinha, banheiro público, banheiro para pessoas com deficiência e funcionários. No local há também uma farmácia que pode ser consultada pelos pacientes.

A auxiliar de cozinha Solange Marcia dos Santos, foi atendida na nova Usafa e ressalta a melhoria do local. “Está 110%! Com ar-condicionado e um atendimento rápido e muito atencioso.”

Já a dona de casa Mirele Maria Flausino relata que precisa ir à Unidade para fazer curativos em sua sogra e recebe um bom atendimento. “Eles sempre procuram nos ajudar em tudo que precisamos. Além disso, aqui é um lugar completo pois tem dentistas, pediatra, clínicos e enfermeiros”, completou.

A paciente Andreia Passos Jacinto marcou consulta com o dentista para sua filha. Segundo ela, o procedimento está mais eficiente. “Antigamente, quando marcava consulta, demorava para ser atendido. Com a nova Usafa foi bem rápido, na semana seguinte minha filha já inicia o tratamento.”

A Usafa oferece diversos serviços, além de atender também o bairro Jardim Helena Maria. O horário de funcionamento é das 8 às 17 horas e mais informações podem ser solicitadas pelo telefone: 3348-1349.


Desenvolvido por Trilogic