Prefeitura Municipal de Guarujá

06/05/2016

Evento acontece das 8h30 às 12 horas, com ação de cidadania, próximo ao Estádio Municipal Antônio Fernandes

05-05-2016 - Rua Brasilina Desiderio Jd Helena Maria - Roberto Sander Jr (14)Neste sábado, 7, a Prefeitura de Guarujá entrega a obra de reurbanização de 12 ruas do bairro Jardim Helena Maria. O evento acontece a partir das 8h30, na esquina da Rua Atílio Gelsomini com a Avenida Helena Maria, próximo ao Estádio Municipal Antônio Fernandes. Uma ação de cidadania também será realizada no local, beneficiando os moradores do bairro.

Sob coordenação da Secretaria  de Infraestrutura e Obras, a Prefeitura realizou as obras nas vias que dão acesso ao Estádio Municipal Antônio Fernandes, equipamento que foi totalmente reformado para receber a seleção da Bósnia e Herzegovina durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014.

Por conta da Copa do Mundo, a Prefeitura conquistou mais de R$ 2,4 milhões junto ao Governo Estadual, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), para realizar as obras no entorno do Estádio. As intervenções compreenderam melhorias no bairro, revisando redes de drenagem, guias e sarjetas, onde foram instalados 720 metros de tubulação em concreto, 2,3 quilômetros de guias de concreto e 36 bocas de lobo. Também foram pavimentadas cerca de 12 mil metros quadrados de vias públicas. As ruas receberam, ainda, novas pinturas de faixas de pedestre e de sinalização de trânsito, além de 18 rampas de acessibilidade.

Os serviços foram realizados nas seguintes vias: Rua Atílio Gelsomini, Rua Valéria Cicconi, Rua Luís Felipe Machado, Rua Povoa de Varzin, Rua Brasilina Desidério, Rua Azuil Loureiro, Rua Carlos Nehring, Rua Presidente Kennedy, Rua Projetada II, Rua José Antônio Amieiro, Rua Abd de Oliveira Nunes e Avenida Primavera.

A dona de casa Neusa Marques Rorato mora há 20 anos no bairro e explica que a principal melhoria foi a sinalização viária. “A pintura do ‘PARE’ ficou muito boa, por ser um cruzamento. Assim, os motoristas ficam mais cuidadosos. A rua também ficou bem melhor que antes, com a nova pavimentação”, completou.

Ação de Cidadania

Para compor a cerimônia de entrega das obras no bairro, a Prefeitura promove, no local, a Ação de Cidadania, das 8h30 às 12 horas. O evento terá o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Portuário, com tendas do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) e Banco do Povo; da Secretaria de Saúde, com aferição de pressão arterial e orientações aos moradores; da Secretaria de Educação, com corte de cabelo feito pelos alunos dos centros comunitários; da Secretaria de Meio Ambiente, com doação de mudas de plantas; da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, pela Cozinha Solidária do Sabor, além da Advocacia Geral do Município, com o atendimento do Procon, esclarecendo dúvidas relacionadas a problemas dos consumidores.

O Caminhão Feira do Peixe estará no local levando pescados a preços acessíveis à população. Quem prestigiar o evento poderá emitir documentos como Carteira Trabalho e Cartão SUS, por meio dos centros de cidadania da Prefeitura. Os serviços são destinados tanto para crianças quanto para adultos.. A Auto-escola Capra também fará parte do evento com a Capra Mirim, levando um circuito de trânsito para as crianças.

06/05/2016

A chefe do Executivo entregou ofício ao vice-governador Márcio França na última quarta-feira, 4; documento também foi encaminhado ao governador Geraldo Alckmin

balsasNa última quarta-feira, 4, a chefe do Executivo esteve com o vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, e mais uma vez reiterou o pedido de melhorias no serviço de travessia de balsas entre Guarujá e Santos. O encontro aconteceu durante o XXI Seminário Internacional do Café, ocorrido no Sofitel Jequitimar, em Guarujá.

A chefe do Executivo aproveitou a oportunidade para entregar a França um ofício, relatando as medidas que a Prefeitura tem realizado, tendo em vista que os usuários estão passando mais de duas horas na fila para realizar a travessia. Infelizmente, o problema é recorrente no lado de Guarujá.

Ainda no documento, que também foi encaminhado ao governador Geraldo Alckmin, a Prefeitura acrescentou que o número de embarcações disponibilizadas são insuficientes para atender a demanda, cujo fluxo aumenta, consideravelmente, nos horários de pico. Recentemente, o Município também passou a ter problemas com a travessia de pedestres pelas barcas no Distrito de Vicente de Carvalho. No local, foi constatada uma quantidade inferior de embarcações. O fato também foi relatado ao governandor.

A chefe do Executivo expôs ao vice-governador todas as ações que a Prefeitura, na sua área de competência, vem realizando. “A Prefeitura, por sua vez, vem cumprindo seu papel intensificando o seu efetivo no entorno da fila, sinalizando os acessos e bloqueando as entradas para evitar abusos. Quando há transtornos, prejudica não só motoristas, mas comerciantes e moradores da área”, ressaltou a chefe do Executivo.

Além dos agentes de trânsito, a Prefeitura mantém guardas civis municipais em rondas fixas e volantes, no sentido de ordenar o trânsito na região e evitar, inclusive, os fura-filas. Sem contar a fiscalização do Procon Guarujá, que já resultou em multa de mais de R$ 608 mil em 2015, além de notificação, na semana passada, sempre cobrando melhorias.

No entanto, para que o serviço prestado ao cidadão seja eficiente, é necessário que a concessionária esteja preparada com mais embarcações, principalmente nos horários de maior fluxo e feriados. O ofício também frisa que demandas judiciais determinam a disponibilização de nove balsas fazendo a travessia, ou seja, com a capacidade máxima de operação.

06/05/2016

A militante Maria Liège Rocha liderou a roda de conversa

28-04-2016 Dia Nacional das Mulheres-Diego Marchi (20)O empoderamento da mulher é uma causa abraçada pela Prefeitura de Guarujá. A luta pela igualdade de gêneros em todos os âmbitos da sociedade impulsiona ações de políticas públicas em todo o Município. Na última quinta-feira (28), o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher promoveu um debate reflexivo sobre o papel da mulher e o protagonismo do gênero. Ao todo, cerca de 100 jovens participaram da palestra.

O evento foi alusivo ao Dia Nacional da Mulher, celebrado em 30 de abril. A roda de conversa, composta por membros do Conselho Municipal e da Assessoria de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura, foi liderada pela militante da causa feminina, Maria Liège Rocha. A palestrante discorreu sobre as principais conquistas para as mulheres, como o direito de estudar, votar e a Lei Maria da Penha.

“A luta pela emancipação das mulheres é longa. Exige mudança de comportamento, visão de mudo e mentalidade. Isso demanda tempo e persistência”, frisa Maria, que colaborou diretamente na criação da União Brasileira de Mulheres (UBM), fundada em 1988. A palestrante começou a participar ativamente de causas feministas em 1967.

Desde 2009, diversas ações em prol à mulher são desenvolvidas no Município. As Políticas Públicas para Mulheres representa um marco para Guarujá. A secretária municipal de Coordenação Governamental, Eliane Ribeiro, reforçou a importância de realizar trabalhos de conscientização. “Queremos disseminar igualdade de gêneros através das políticas públicas. Esse evento é enriquecedor, no qual os jovens puderam trocar informações e conhecer toda a trajetória brilhante traçada pela militante. Precisamos de mais amor, mais respeito e mais solidariedade uns com os outros”, completa.

A maioria do público era composto por mulheres, mas a presença masculina surpreendeu. Para o estudante Maurício Sampaio, o respeito à mulher deve vir de casa. Sampaio afirma que, desde pequeno, aprendeu a importância da figura feminina na sociedade. “Consigo ver a diferença dos salários, tratamentos e preconceito que as mulheres passam. É preciso que todos conheçam os direitos da mulher para não cometer erros”, conclui.

A estudante Letícia Soares já foi julgada pelo tamanho de suas roupas. Segundo ela, a mulher não pode vestir um decote e shorts curtos que fica mal falada. “Muitas mulheres não sabem dos seus direitos, como agir e se defender de algumas situações. Quanto mais informações, melhor”, completa.

06/05/2016

Medida beneficiará mais de 5 mil trabalhadores só em Guarujá; a chefe do Executivo teve participação importante na luta pelo reconhecimento dos profisssionais

 02-05-2016 Entrga das Cartilhas aos Marinheiros-Roberto Sander Jr (67)Uma luta antiga está próxima de se tornar realidade. A regulamentação da profissão de marinheiro de esporte e recreio avança no cenário federal e pode, em breve, virar lei. O assunto foi discutido na última segunda-feira, 2, pela chefe do Executivo em evento realizado na Marina e Estaleiro Supmar, no Jardim Las Palmas. O encontro contou ainda a participação do deputado federal João Paulo Papa, que trouxe a informação de que será o relator do Projeto de Lei 5.812 de 2013 (apensado o PL 6.106/2013), que dispõe sobre a regulamentação da classe de marinheiro e esporte e recreio.

Também participaram do encontro o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Portuário; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Aquaviários de Guarujá e Região (Sintagre), Luiz Carlos Ferreira Pontes; o empresário e engenheiro naval, Manoel Chaves; o diretor administrativo do Clube Internacional de Regatas, Ronei Figueiras Alves e o proprietário da Marina Supmar, Paulo Cônsoli.

A regulamentação vai beneficiar mais de 5 mil trabalhadores em Guarujá, que representam 10 mil em todo o litoral paulista. Para se ter uma ideia, 98% de toda a indústria náutica de esporte e recreio do Estado fica no Guarujá. Em todo o País, são mais de 100 mil trabalhadores.

O presidente do Sindicato lembrou que o primeiro projeto solicitando a regulamentação é de 2002. “A discussão de hoje foi muito boa e penso que esta questão é imprescindível para nós. È uma história comprida, mas que vem dando frutos. E graças à governante de Guarujá, que iniciou várias discussões em Brasília, caminhou com a gente, e apresentou nossa luta ao deputado Papa, que vem conduzindo muito bem o processo, a questão está prestes a acontecer de fato”.

Na oportunidade, Papa contou que fez um texto substitutivo ao PL, visando regulamentar e complementar os direitos destes cidadãos. O deputado tem se reunido na Capital Federal com diversos atores ligados à atividade e espera que até o fim do próximo semestre a categoria de marinheiro profissional seja reconhecida oficialmente.

“A chefe do Executivo de Guarujá é uma pessoa com quem temos uma ótima parceria, que travou uma luta histórica pela indústria naval”, parabenizou o parlamentar. Ele falou ainda que vai perseguir este projeto em cada etapa  e que, em breve, irá para a Comissão de Trabalho na Câmara. “Será relatado e depois vai para a Comissão de Justiça do Senado e, assim, para a Comissão de Assuntos Sociais e Econômicos. Espero que esteja em vigor logo, logo. Sem dúvida será um grande avanço e que vai acontecer”, ressaltou o deputado.

Histórico – O pleito da categoria foi apresentado ao deputado pela chefe do Executivo. A categoria sempre teve na figura da governante uma voz nos Governos Estadual e Federal, além do Senado, Câmara dos Deputados, Marinha, Ministério do Trabalho, entre outros órgãos, no intuito de sensibilizá-los. Desde os tempos em que atuava no Poder Legislativo, a atual chefe do Executivo trava uma batalha para garantir esse reconhecimento aos marinheiros.

“Estou radiante com o encaminhamento que o Papa está fazendo em Brasília. Esta é uma causa antiga e que precisamos aprovar o quanto antes. Hoje é um dia memorável. Estive em Brasília na semana passada, e quando soube que o Papa era o relator e havia conseguido reunir todos os órgãos, e que estes dialogassem, fiquei muito feliz. Parabéns ao Sindicato e trabalhadores, pois é uma grande conquista ter como relator um deputado da nossa Região” , declarou a chee do Executivo.

A governante disse que o tema é difícil e que corre no Congresso desde 2005. “Agora é o momento da categoria estar unida. Serão mais 100 mil trabalhadores beneficiados, ou mais, em todo o País. Assim (com a regulamentação), poderemos evitar conflitos de representatividade. Vocês estão em boas mãos. Muito orgulho da representação dele (Papa), por este prestígio e competência”.

O reconhecimento à categoria é bastante aguardado pelo marinheiro Luiz Henrique de Oliveira, de 50 anos, metade deles dedicados à profissão. Encarregado de uma embarcação de 43 pés, Oliveira explica que “esta é uma profissão de extrema responsabilidade. Considero-me um profissional, mas infelizmente não tenho essa garantia, pois não sou visto como tal”, contou ele, cujo registro atesta como capitão amador. “Essa luta não é de agora, mas tenho boas expectativas porque vejo o envolvimento de pessoas importantes”, acrescentou o morador de Guarujá.

06/05/2016

No enredo, a jovem Cintia é prometida a um príncipe, mas se apaixona por sua costureira

Princesa-e-costureiraNesta sexta-feira, 6, o Teatro Procópio Ferreira recebe o espetáculo A Princesa e a Costureira. A peça é uma adaptação do livro homônimo da escritora e psicóloga guarujaense Janaina Leslão, que escolheu a cidade para fazer uma apresentação gratuita. A apresentação acontece às 19h30, com entrada franca.

O conto de fadas aguça a reflexão do público sobre as diferenças de gênero e traz no enredo a jovem Cíntia, que está prometida em casamento para o príncipe do reino vizinho, porém se apaixona pela costureira responsável por confeccionar seu vestido de noiva. A trama foi produzida e encenada pelo Teatro da Conspiração. O projeto recebeu o PROAC/2015 – Apoio a projetos de promoção das manifestações culturais com temática LGBT.

O público vai poder conferir músicas compostas originalmente para o espetáculo, adereços cênicos e figurinos que se transformam de acordo com o enredo, dando agilidade à trama. Já na atuação dos atores, há mudanças constantes de personagens, em forma de jogo, sugerindo a necessidade de se colocar no lugar do outro para entender as diferentes formas do ser.

Com dramartugia de Solange Dias, a partir da obra de Janaína Leslão, a peça é diregida por  Antônio Correa Neto. No elenco, Erika Coracini, Mariana Sancar e Marcio Ribeiro. Aclassificação é livre. O Teatro Procópio Ferreira fica na Avenida Dom Pedro I, 350-Enseada.

05/05/2016 20-04-2016 Docinhos-Jennypher Silva (10)

A explanação foi feita pelo endocrinologista do Programa Docinhos, Marcelo Masteguim

As complicações derivadas do diabetes foi tema de palestra realizada pela equipe do Programa Docinhos. A iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde é voltada a pacientes, crianças e adolescentes, e pais e contou com explanação do médico endocrinologista Dr Marcelo Masteguim.

Na ocasião, o especialista abordou os tipos de diabetes, como a cetoacidose, e das complicações para o paciente, caso a doença não seja tratada. Segundo Masteguim, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes, para que a qualidade de vida dos pacientes seja melhorada. O endocrinologista explicou ainda que a cetoacidose diabetes é perigosa. Caso não seja tratada rigorosamente com a insulina, o paciente pode vir a óbito por causa da alta taxa de açúcar , que deixa o sangue ácido.

Para o médico, as crianças são mais conscientes com o tratamento,. Por esse motivo, hoje em dia, ele trabalha só com os pequenos. “As crianças entendem a necessidade desse cuidado muito mais fácil do que os adultos. Além de compreenderem, eles cumprem o tratamento, o que gera um retorno mais eficaz e mais rápido”, argumentou.

A coordenadora do Programa Docinhos, Simone Alvares dos Santos, explica que as palestras são realizadas de dois em dois meses e são importantes para orientar os adolescentes e, principalmente, os pais. Ela ressalta que as crianças podem ser cadastradas no programa desde os primeiros meses de vida e recebem cuidados e medicações do projeto até os 18 anos e 11 meses.

Segundo Simone, todos os pacientes são atendidos mensalmente por psicólogos, fisioterapeuta, enfermeiros, pediatra, nutricionista e endocrinologista, além de receberem todo o medicamento gratuito. “Eles precisam de cuidados. É para isso que estamos aqui. Assim evitamos que mais tarde haja sequelas e prejudique sua vida adulta”, finalizou.

A paciente Mayara Alves Outtes, de 15 anos, disse que se não tivesse a ajuda dos médicos do programa talvez não soubesse como se cuidar. E complementa: “faço tudo sozinha, aplico os medicamentos e sei o que posso ou não comer. Se não fosse as palestras, minha mãe e eu ainda estaríamos sem informações do que realmente é a diabetes”, disse a jovem que frequenta o Docinhos há três anos.

05/05/2016

Atendendo às normas do Ministério da Saúde, nesta sexta-feira, 6, das 14h30 às 17 horas, as Unidades de Saúde da Família (Usafas) Cidade Atlântica (Rua Uruguai, 3000), Sítio Conceiçãozinha (Rua Santo Antônio, s/n) e Jardim Boa Esperança (Avenida Adriano Dias dos Santos, 533) realizam reunião de trabalho para avaliar as ações e analisar resultados mensais. O atendimento nas unidades será das 7 às 14h30. Outras informações pelos telefones 3351-6509/3392-1074 (Cidade Atlântica), 3354-1727 (Sítio Conceiçãozinha) e 3384-3237 (Jardim Boa Esperança).

05/05/2016

Atendendo às normas do Ministério da Saúde, nesta quinta-feira, 5, das 14h30 às 17 horas.a Unidade de Saúde da Família (Usafa) Vila Edna realiza reunião de trabalho para avaliar as ações e analisar resultados mensais. O atendimento na unidade, que fica na Avenida Brasil, s/n, será das 8 às 14h30. Outras informações pelos telefones 3384-3275.

05/05/2016

Desde o início da semana, diversas ações alusivas ao educador Paulo Freire acontecem nas escolas municipais de Ensino Fundamental I e II. O encerramento oficial das programação em homenagem ao patrono da educação será nesta quinta-feira, 5, a partir das 18h30, na Unaerp (Avenida Dom Pedro I, 3300 – Enseada).

O professor universitário Michael da Costa, que é mestre em Educação Matemática pela Universidade Bandeirante de São Paulo, proferirá palestra abordando o tema Ensino e Aprendizagem, com ênfase em projetos.

Além disso, a banda do Lar das Moças Cegas, regida pelo maestro João Carlos Estógio, fará apresentação de um número. Na sequência, o professor Gilmar Ribeiro dos Santos discorrerá acerca do trabalho que realiza com os alunos da instituição, abrangendo inclusão e superação.


Desenvolvido por Trilogic